Opção de Deco por advogado particular causa desconforto, diz site

Opção de Deco por advogado particular causa desconforto, diz site

Deco foi flagrado no exame antidoping pelo uso da substância furosemida (Foto: Photocamera)

A opção de Deco por contratar uma firma particular de advocacia para defendê-lo no caso do flagra no exame antidoping, causou um atrito com a diretoria do Fluminense, informa o site Globoesporte.com. Segundo a reportagem, a nota oficial publicada pelo clube avisando que o jogador não seria representado pelo Tricolor teria como objetivo pressioná-lo a mudar de ideia, o que não aconteceu.

Flagrado no exame antidoping pelo uso da substância furosemida (um diurético), Deco será defendido pelos serviços do escritório de advocacia Bichara e Motta Advogados, que tem como um dos encarregados para conduzir o processo Marcos Motta, profissional renomado com experiência em casos de doping como os de Jobson, referente ao uso de cocaína, e Dodô, por consumo da substância proibida femproporex.