PGFN obrigou Flu a restituir valor liberado pela Justiça

PGFN obrigou Flu a restituir valor liberado pela Justiça

2Em outubro de 2012, o Fluminense havia obtido na Justiça a liberação de R$ 995 mil para quitar os salários atrasados de funcionários. Mas a Procuradoria Geral da Fazenda, sempre ela, recorreu e, menos de um mês depois, o desembargador federal José Ferreira Neves Neto obrigou o Tricolor a restituir este valor, com multa para cada dia de atraso. O clube teve que fazer um empréstimo para devolver o dinheiro.

– A reivindicação deles (funcionários) é legítima. E, se entrassem com o pedido (de greve), acredito que conseguiriam. O problema é que se tivermos que restituir a Fazenda de novo, desta vez não teríamos mais de onde levantar recursos – explicou o gerente-executivo financeiro do Fluminense, Darío Guagliardi.