Fluminense conquistou o Carioca sub-20 com placar agregado de 4 a 2 na final contra o Fla (Foto: Mailson Santana - FFC)

O Fluminense garantiu o título do Campeonato Carioca sub-20 na última quinta-feira. A derrota na volta da final por 1 a 0 para o Flamengo na Gávea não impediu a festa tricolor, já que os Moleques de Xerém haviam vencido a ida por 4 a 1 nas Laranjeiras. O portal ge enumerou os destaques da conquista tricolor. Confira:

“Carrasco” e decisivo
Herói das finais contra o Flamengo com um hat-trick no jogo de ida, John Kennedy reencontrou no sub-20 seu bom futebol após uma temporada tumultuada. O atacante de 19 anos começou o ano no grupo profissional, mas pegou Covid-19, teve uma longa recuperação e perdeu espaço. Passou pelo sub-23 para recuperar o ritmo e “deitou e rolou” no sub-20, mostrando que a experiência no time de cima fez diferença.

Foram apenas quatro jogos na competição, o suficiente para ser “o cara” do título. Fez três nas semifinais contra o Vasco e, nas finais contra o Flamengo, fez jus à fama de “carrasco”, ao marcar mais três no jogo de ida e encaminhar o título.

Paredão
Contratado na temporada passada para o sub-20 junto ao Tubarão-SC, Thiago Gonçalves virou titular absoluto da categoria este ano após a subida de Pedro Rangel para o sub-23. Titular em todos os 16 jogos da competição, o goleiro de 20 anos foi peça importante na campanha do título carioca com defesas cruciais, incluindo um pênalti, e grandes atuações em jogos decisivos, como a no jogo de ida da final, contra o Flamengo, quando fechou o gol.

Artilheiro
Filho do ex-atacante Marco Brito, Luan Brito foi reserva nas partidas finais após John Kennedy ser “buscado” do profissional. Porém, teve participação vital na 1ª fase, onde o Fluminense avançou com a segunda melhor campanha. Goleador do Flu na temporada, o atacante de 19 anos foi o vice-artilheiro da competição com sete gols, empatado com Lázaro, do Flamengo, e atrás apenas de Bismarck, do Resende, com nove.

Marcador incansável
Titular na metade final da campanha do título brasileiro sub-17 na temporada passada, Alexsander foi uma das grandes revelações do Fluminense Sub-20. Mesmo com apenas 17 anos, o jovem volante assumiu a vaga de titular e mostrou maturidade apesar da pouca idade. Forte na marcação, fez uma grande competição, com direito a atuação maiúscula no último jogo da final.

Expoentes de gerações
Para as fases finais da competição, o sub-20 do Fluminense contou com o reforço de expoentes das gerações que brilharam no sub-17 e que estavam no grupo principal. Apesar de poucas partidas na competição, o zagueiro Luan Freitas (capitão) e o meia Wallace, da “Geração de Ouro” de 2018, e Matheus Martins e João Neto, da “Geração dos Sonhos” de 2020, elevaram o nível da equipe e contribuíram para a conquista do título.

O comandante
Em sua segunda temporada como técnico do time sub-20 do Fluminense, o técnico Eduardo Oliveira, conquistou seu primeiro título na categoria. Ele já havia sido campeão carioca sub-17 em 2018 justamente com a “Geração de Ouro”, que contava também com nomes como João Pedro, Matheus Martins, Calegari, André e Martinelli.