Portuguesa marca data para ir à Justiça comum: “É viver ou morrer”

Portuguesa marca data para ir à Justiça comum: “É viver ou morrer”

Ilídio Lico está convicto pela briga na Justiça comum
Ilídio Lico está convicto pela briga na Justiça comum

Presidente da Portuguesa, Ilídio Lico, já fala abertamente que o clube irá à Justiça comum para tentar virar a mesa do Campeonato Brasileiro e se manter na Primeira Divisão. Afirmando não ter medo de punições da Fifa ou da CBF, o mandatário do clube paulista dá ares de guerra à luta da Lusa para evitar o rebaixamento e marca para sexta-feira a data limite para entrar com uma ação..

– Vamos entrar com certeza, é um fato consumado. Dependo do departamento jurídico para definir se estará tudo pronto para tomar a atitude amanhã (quinta-feira) ou sexta. Tenho apoio total para entrar no clube. Quando você vai para a guerra, vai para tudo, para viver ou morrer, e quando você faz algo, tem que acreditar (de que dará certo) – disse.


Sem comentários