Foto: FFC

O zagueiro Nino não será o único tricolor nos Jogos Olímpicos de Tóquio. O preparador físico Marcos Seixas e o médico Marco Antonio Azizi também foram chamados pela CBF para fazer parte da comissão técnica da seleção olímpica brasileira no Japão, que vai em busca da segunda medalha de ouro consecutiva. Para a dupla, a convocação é uma honra e motivo de grande orgulho, que merece comemoração.

– É uma sensação de realização. Tanto para os profissionais que trabalham na comissão técnica quanto para os jogadores, eu acredito que o sentimento seja o mesmo. É conseguir chegar em seu estágio máximo, que é ser convocado para uma seleção e ainda ter a oportunidade de participar de uma Olimpíada. Todos falam em sonho olímpico para os atletas, mas também é para os profissionais, para quem trabalha por trás, fazendo a preparação. A expectativa é muito grande e a realização de um grande sonho – declarou o preparador físico Marcos Seixas.

Para ele, aliás, está será a oportunidade de ir para sua segunda Olimpíada na carreira. Marcos Seixas participou da campanha que terminou na conquista do ouro nos Jogos do Rio, em 2016. Mas se engana quem acredita que, por isso, o sentimento de felicidade seja menor. Para o preparador físico, será como se fosse a primeira vez.

– Eu já tive essa experiência em 2016, com a conquista da medalha de ouro. Foi uma campanha que vai ficar marcada na memória e na história. Agora estou indo para a segunda oportunidade de defender o Brasil em uma Olimpíada. Mas é como se fosse a primeira vez, a sensação é de realização e felicidade muito grande – declarou.