(Foto: Lucas Uebel - Grêmio)

A Conmebol oficializou as cotas de mandos de campo destinadas aos clubes participantes da Libertadores de 2021 e a premiação fase por fase que o torneio pagará nessa temporada. Ao todo, segundo Alejandro Domínguez, presidente da entidade, serão disponibilizados ainda 95 milhões de dólares para clubes e associações como uma ajuda ao combate à Covid, para realização de testes e viagens.

– O trabalho vem sendo realizado há cinco anos em termos de transparência e gestão profissional para o futebol e porque acreditamos nele. Tudo o que fizemos foi para mostrar que é possível. A casa já está em ordem: é hora de sair para conquistar o mundo – disse o dirigente.

Confira os valores das cotas e premiações:

Primeira fase (Pré-Liberta) – U$ 350 mil (R$ 1,9 milhão)

Segunda Fase (Pré-Liberta) – US$ 500 mil (R$ 2,8 milhões)

Terceira Fase (Pré-Liberta) – US$ 550 mil (R$ 3 milhões)

Grupos – US$ 1 milhão (R$ 5,6 milhões) por cada jogo com mando (3 mandos no total)

Oitavas – US$ 1,05 milhão (R$ 5,9 milhões)

Quartas – US$ 1.500 milhão (R$ 8,4 milhões)

Semifinal – US$ 2 milhões (R$ 11,2 milhões)

Vice-campeão – US$ 6 milhões (R$ 33,7 milhões)

Campeão – US$ 15 milhões (R$ 84,3 milhões)