Presidente da Unimed diz que não cortou gastos neste ano

Presidente da Unimed diz que não cortou gastos neste ano

Celso Barros diz que política deste ano foi manutenção do elenco e comissão técnica (Foto: Photocamera)

Nos anos anteriores, o Fluminense se caracterizou por fazer algumas contratações de peso e impacto. Mas isso não ocorreu em 2013. E Celso Barros afirma que não houve um corte de gastos. De acordo com o presidente da Unimed, a opção feita para esta temporada foi a manutenção do elenco.

– Não teve isso (corte). Nós optamos por manter o elenco e a comissão técnica, pelo menos até o fim da disputa da Libertadores – explicou.