João Borba mantém mistério sobre permanência no Maracanã

João Borba mantém mistério sobre permanência no Maracanã

 

João Borba, presidente do Consórcio que administra o Maracanã
João Borba, presidente do Consórcio que administra o Maracanã

Após a emissão de uma nota oficial dando a entender que o Consórcio seguirá administrando o Maracanã, o presidente do grupo de empresas, João Borba, segue misterioso. A não demolição do Parque Aquático Júlio Delamare, do Estádio de Atletismo Célio de Barros e da Escola Municipal Friedenreich, que fazem parte do complexo do Maracanã, atrapalhou os planos do Consórcio.

– Como eu disse antes, a gente tem 20 dias, até o dia 25, para colocar toda a nova situação dentro do nosso plano de negócios e apresentar para o Governo que características esse contrato passa a ter. Como tem muito financeiro no processo, qualquer coisa que eu falar não vai ser verdadeira, vai ser achômetro. Prefiro dizer que a nossa equipe está trabalhando ‘full-time’ para apresentar ao poder concendente: ‘a situação é essa aqui, vamos em frente ou não vamos em frente’ – sentenciou Borba