Programa para combater violência nos estádios foi abandonado

Programa para combater violência nos estádios foi abandonado

violenciaOs casos lamentáveis registrados em Minas Gerais e São Paulo no último fim de semana, infelizmente, deverão ocorrer a qualquer momento novamente. Eles poderiam ser evitados caso o Governo levasse para frente o projeto “Torcida Legal”, um programa de combate a violência nos estádios de futebol.

O Ministério do Esporte arquivou o programa, idealizado para ser uma ferramenta do Estatuto do Torcedor. Ele previa a compra de equipamentos de vigilância dos estádios dos clubes das Séries A e B do Brasileiro, além da promoção do cadastro biométrico de todos integrantes de facções organizadas no Brasil.

O “Torcida Legal” foi abortado após problemas verificados no processo licitatório, lobby de empresa que confecciona ingressos e o desinteresse do ministro Aldo Rebelo. Saiba mais sobre o projeto:

Segurança
Criado em março de 2009, previa que o Ministério do Esporte comprasse equipamentos de vigilância para estádios das Séries A e B do Campeonato Brasileiro.

Informação
Além do equipamento, seria desenvolvido um banco integrado de dados, que conteria os dados e o cadastramento biométrico dos integrantes das facções organizadas.

Tecnologia
Convênio para o cadastro biométrico já estava assinado com o Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Sistema impediria ingresso de torcedores condenados em todos estádios.


Sem comentários