gum2

O duelo do último domingo, no Maracanã, poderia ter tido uma história diferente. Se não fosse pela tranquilidade do árbitro Marcio Chagas Silas, do Rio Grande do Sul, o defensor poderia ter sido expulso muito antes de fazer o gol da vitória do Time de Guerreiros.

Em participação no programa “Arena Sportv”, nesta tarde, o jogador revelou por que acredita que o árbitro não o expulsou, quando ele deu um bote errado na bola e acabou acertando o adversário, quando já tinha amarelo.

– Eu não acho que merecia ter sido expulso na partida. Falei com ele (o árbitro) que o primeiro cartão não havia sido justo e, por isso, não era certo levar o vermelho na falta do segundo tempo. Quando o Osvaldo partiu pra cima, no primeiro lance, eu não fiz falta. Ele bateu em mim e levei um cartão amarelo. Acho que ele me entendeu e por isso não me expulsou – disse.


Sem comentários