Levir tenta encontrar a melhor formação para o Fluminense
Levir tenta encontrar a melhor formação para o Fluminense

Nobres tricolores,

 

numa de minhas “Tricoladas” no post anterior, comentei do desafio de Levir Culpi fazer essa equipe andar, especificamente, com três peças. A meu ver, Cícero, Diego Souza e Fred são incapazes de jogar juntos. Não pela capacidade técnica, mas pela falta de competitividade.

Mas eis que num esboço de time, divulgado pelo NETFLU, com base nas observações dos repórteres da Rádio Transamérica, leio que, além dos três supracitados, há a inclusão de um quarto elemento para requentar essa discussão: Gerson.

Prometi a mim mesmo que terei – e mantenho – paciência com o trabalho Levir Culpi. Mas me preocupo com a formação. Cícero, Gerson, Diego Souza e Fred. Quem marca? Quem dá combate? O futebol brasileiro não suporta quatro camaradas que não recompõe o sistema defensivo. Por outro lado, há a confiança e, mais do que isso, esperança. Após quase três anos, temos um treinador de verdade.

Quatro jogadores reconhecidamente qualificados. Decisivos muitas vezes. Porém, um contrassenso. Nunca se notabilizaram pela velocidade e dinamismo. Gerson chegou a ser apelidado de “Gersono” pela torcida. Cícero, vez por outra, manda aquele trote maroto no meio-campo, enquanto os zagueiros e Pierre estão como loucos tentando salvar a pátria. Diego Souza, lento desde seus 20  e poucos anos, e Fred, cuja função é apenas, e tão somente, estufar a rede adversária. Na década de 70, talvez, esse pessoal aí fizesse um barulho.

Cícero pega a bola com Henrique e lança para…..Gerson (????), que domina, pensa e passa em profundidade para…….Diego Souza (????). O camisa 10 levanta a cabeça e acha Fred livre na pequena área. Gol do Fluminense. Toda a jogada trabalhada na imaginação do blogueiro só ganha contornos verossímeis no último lance.

A limitação física desse time é evidente e custo a crer que com pouco mais de dez dias de trabalho, o problema tenha sido resolvido. Em uma época onde se pede mais rapidez na transição da defesa para o ataque e, principalmente, sangue nos olhos dos jogadores, Levir poderá mudar o rumo da prosa. Espero que para melhor!

2

– Fla-Flu no Pacaembu foi uma ótima sacada!

– Mandar mais alguns jogos no estádio paulistano, inclusive, não é má ideia

– Que Levir enxergue a necessidade de reforços para esse elenco ainda desequilibrado

– Gostaram do programa de estreia do “Marca um 10!“?

– Convidado novo todo dia 15 e 30. Vai vir mais gente boa por aí!

 

Um grande abraço e saudações!

 

Siga-me no twitter: @LeandroDiasNF