R10 foi até o fim do contrato em apenas dois de seus...

R10 foi até o fim do contrato em apenas dois de seus oito clubes

Ronaldinho ficou apenas dois meses no Fluminense (Foto: Fluminense FC)
Ronaldinho ficou apenas dois meses no Fluminense (Foto: Fluminense FC)

Agora ex-jogador do Fluminense, Ronaldinho deixou o clube bem antes do fim de seu contrato. Afinal, tinha compromisso até o final de 2016 e saiu dois meses após a chegada. Essa, no entanto, vem sendo uma constante em sua carreira. Dos oito clubes que defendeu, em apenas dois cumpriu contratos até o fim.

No Grêmio, onde começou e despontou, depois seu primeiro vínculo profissional entre 1997 e 1998, assinou um novo até 2001 e cumpriu. Ainda assim, saiu de maneira conturbada. Ele deixaria o Olímpico após assinar com o PSG (FRA) em julho daquele ano, após alguns meses sem atuar. O compromisso com os gaúchos ia até fevereiro, mas ainda havia a exigência de uma remuneração para liberá-lo.

Com o PSG, Ronaldinho assinou por cinco anos, mas ficou só dois ao ser negociado com o Barcelona (ESP) por 25 milhões de euros. Lá, seu contrato inicial era de cinco anos e este foi prorrogado até metade de 2010. O craque, no entanto, saiu em meados de 2008 rumo ao Milan (ITA).

Na Itália, tinha contrato de três anos e ficou por dois e meio, transferindo-se para o Flamengo. O vínculo com o clube da Gávea foi assinado em 2011 com a duração de quatro anos. Em 2012, entrou na Justiça para deixar o Rubro-Negro. Então, seguiu para o Atlético-MG com compromisso até o fim do ano. Esse foi cumprido.

Ainda no Galo, renovou por mais um ano, mas aí já saiu no meio da temporada. Ronaldinho seguiria de lá para o Querétaro, do México. O jogador assinou com os mexicanos em setembro de 2014 por dois anos e saiu de lá em junho de 2015.


Sem comentários