Goleiro Armani deverá ser um dos jogadores a voltar ao time do River Plate (Foto: Divulgação)

Adversário do Fluminense na próxima terça, pela última rodada do Grupo D da Libertadores, o River Plate deverá ter o retorno de 13 jogadores, no mínimo, na partida. Além disso, não haverá a necessidade de improvisar um atleta de linha no gol, como aconteceu na vitória por 2 a 1 diante do Independiente Santa Fe. A informação é do jornal Extra.

Dos 20 infectados por Covid-19 antes do jogo contra os colombianos, treze já terão completado os dez dias de quarentena na virada de segunda para terça. São eles: Armani, Lux e Petroli; Rojas; Zuculini; Palavecino, De La Cruz, Simón, Rollheiser e Ponce; Borré, Matías Suarez e Girotti.

Estes se juntam a Enzo Perez, Maidana, Lecanda, Martinez, Casco, Peña Biafore, Carrascal, Alvarez e Fontana. Angileri e Paradela testaram positivamente para coronavírus posteriormente e não jogam. O goleiro Enrique Bologna e o zagueiro Paulo Díaz também estariam liberados, mas os estudos complementares apontaram que eles ainda têm sequelas da doença no corpo. Por isso, terão de ficar mais tempo afastados. Ambos sequem com fraqueza, dores musculares, de cabeça e febre.

Veja a lista dos jogadores que deverão estar à disposição do técnico Marcelo Gallardo para a partida contra o Fluminense:

Goleiros: Armani, Lux e Petroli;
Defensores: Rojas, Maidana, Lecanda, Martinez, Casco, Peña Biafore;
Volante: Zuculini, Enzo Perez;
Meias: Palavecino, De La Cruz, Simón, Rollheiser, Ponce, Carrascal;
Atacantes: Borré, Matías Suarez, Girotti, Alvarez, Fontana;