(Foto: Lucas Merçon/FFC)

A viagem longa e a mudança de logística de Bogotá até Armênia tiveram sua contribuição para levar o time do Fluminense à exaustão na partida dessa última quarta, contra o Santa Fe. Bravamente, o Tricolor trouxe a vitória, apesar do campo pesado por conta da chuva e de ter ficado com um atleta a menos por mais da metade do 2º tempo.

Em entrevista coletiva logo após a partida, o técnico Roger Machado admitiu o desgaste físico de seus atletas, que, segundo ele, terminaram o jogo extenuados. Vale lembrar que no domingo o Flu tem mais uma decisão, dessa vez pelo Carioca. Enfrenta a Portuguesa-RJ pela semifinal do torneio.

– A mudança de mando de campo, obviamente, atrapalha a logística, organização, descanso dos atletas, mas no vestiário eu dei os parabéns a nossa diretoria em nome do Marcelo Penha, porque conseguiu com agilidade construir e organizar toda essa nossa logística de deslocamento. E a gente teve um prejuízo pequeno. Dentro de campo a gente conseguiu valorizar essa vitória, com muita doação, muito empenho. Exaustivo, de fato, os jogadores acabaram o jogo extenuados, mas vale a pena com os três pontos conquistados e com a possibilidade de consolidar esse início de Libertadores – disse.