(Imagem: Lucas Merçon/Fluminense FC)

No Maracanã, o Fluminense venceu o Criciúma por 3 a 0 e avançou para as oitavas de finais da Copa do Brasil. O próximo adversário será conhecido no próximo dia 6, sexta-feira, em novo sorteio que será realizado na sede da CBF.

Apesar do resultado elástico, a equipe catarinense impôs bastante dificuldades ao Flu que carimbou a classificação no início da segunda etapa com os dois gols marcados pelos garotos da base, Gabriel Teixeira e Luiz Henrique.


Na coletiva após o jogo, o técnico Roger Machado falou sobre os problemas que teve durante a partida e citou a qualidade do gramado, além disso, o comandante da equipe Tricolor mencionou a saída de bola que não esteve refinada durante os 90 minutos.

– Tivemos dificuldade na saída de bola. Precisa ter um campo em boas condições para sair lá de trás tocando. Não temos jogadores que tem a destreza de sair driblando lá de trás. Saímos tocando ou na condução do Martinelli. Criciúma encaixou bem a marcação e nos dificultou. Em função disso, preferimos brigar pela segunda bola e construir a partir dali. Algumas vezes conseguimos, outras tentamos levantar a bola desnecessariamente. Encontramos a solução quando não tivemos condição de fazer o jogo apoiado. Foi algo motivado pelo adversário, pelas nossas características e pela condição do gramado.