Saída de jogadores representa economia de cerca de R$ 1 milhão

Saída de jogadores representa economia de cerca de R$ 1 milhão

Thiago Neves possuía um dos salários mais altos do elenco. Foto: Photocamera

Ricardo Berna, Monzón, Thiago Neves, Wellington Nem geraram grande economia para o Fluminense. A saída destes jogadores, somada à liberação de Martinuccio para o Cruzeiro representam menos R$ 1 milhão mensal na folha salarial do clube.

As despesas ainda prometem ser menores com o provável encerramento da carreira de Deco – R$ 700 mil por mês- no fim do ano.

Tanta economia representaria o investimento em reforços. Mas a tendência é a de que contratações só sejam realizadas para a próxima temporada. Se ainda deseja um jogador de peso, o Fluminense precisa correr. A janela de transferências internacionais fecha nesta sexta-feira.