Sofrendo de Mal de Alzheimer, Altair será ajudado pelo Flu

Sofrendo de Mal de Alzheimer, Altair será ajudado pelo Flu

Altair, um dos monstros da história tricolor

O Fluminense se comprometeu a oferecer auxílio ao ex-lateral do clube, Altair. Aos 75 anos, o bicampeão mundial com a seleção brasileira sofre de Mal de Alzheimer e havia desaparecido do hotel onde estava hospedado em Brasília e foi encontrado por equipes de reportagem vagando pelas ruas. Ele estava na capital federal para receber homenagens e dizia que procurava jogadores do Flu de sua época como o goleiro Castilho, morto em 1987.

O ex-craque já está em casa, em São Gonçalo, município da região metropolitana do Rio de Janeiro, onde é atendido por uma cuidadora. Além do clube, torcida também se mobiliza com a criação do Projeto “Tricolor Solidário”, que visa arrecadar fundos para os tratamentos.

Altair Gomes de Figueiredo jogou por 14 anos no Fluminense e é o quarto atleta da história com mais partidas pelo clube: 551. Pelo time do coração, foi bicampeão do Torneio Rio-São Paulo (1957 e 1960) e três vezes campeão carioca: 1959, 1964 e 1969.