Durante bate-papo com Benjamin Back no programa Jogo Sagrado, da Fox Sports, o volante Richard, um dos convidados da atração, falou sobre a situação de Paolo Guerrero, atacante do Flamengo e da seleção do Peru, suspenso por doping.

O camisa 9 rubro-negro cumpriu 6 meses, mas teve sua pena aumentada para 14. Tendo que cumprir mais oito, o centroavante não poderá disputar a Copa do Mundo da Rússia. Para o volante do Fluminense, há uma certa falta de sensibilidade com relação ao caso.

– Tem um exagero. Ele já cumpriu boa parte disso (da pena). É um cara que ama jogar futebol, ainda mais se tratando do Guerrero, o atacante que é. Teve até uma situação em Potosí (Bolívia), onde a nutricionista falou para ficarmos espertos com o que beber, devido algumas substâncias de lá, tipo chás. Era para ficar esperto e tomar cuidado com o que bebia – relembrou o volante.

Guerrero ganhou apoio importante para sua participação no Mundial. Após a Associação de Jogadores Profissionais (FIFPro) solicitar a liberação do atacante para a Copa, foi a vez dos capitães de França, Dinamarca e Austrália, rivais do Peru na competição, assinarem o pedido.