Com 25 jogadores formados em casa, Fluminense passa a temporada de 2002, que teve 20 (Foto: Divulgação - FFC)

O Fluminense teve na temporada de 2021 o maior número de jogadores da base aproveitados na equipe profissional. São 25 no total, superando a de 2002, quando 20 receberam oportunidades no time principal.

Entre os jogadores que já receberam oportunidades está o meia Arthur. Ao entrar em campo na estreia da equipe no Campeonato Carioca, no dia 4 de março, contra o Resende, no Maracanã, tornou-se o atleta mais novo a representar o time do Fluminense na história da era profissional (a partir de 1933), com 16 anos e 8 dias de idade.

Na temporada atual, os jogadores formados em casa aproveitados pelo Fluminense foram os goleiros Marcos Felipe e Pedro Rangel; os laterais Calegari, Daniel e Igor Julião; os zagueiros Luan Freitas, Higor e Frazan; os volantes André, Caio Vinícius, Martinelli, Metinho, Nascimento e Wallace; os meias Miguel e Arthur; além dos atacantes Caio Paulista, Gabriel Teixeira, Kayky, Luiz Henrique, Matheus Martins, Alexandre Jesus, João Neto, John Kennedy e Samuel.

Já em 2002, os crias de Xerém a receberem oportunidades foram Alan, Alex, Carlos Alberto, César, Eduardo, Esquerdinha, Fábio Bala, Fernando Henrique, Flávio, Jancarlos, Júlio César, Júnior César, Marcelo, Marciel, Marco Brito, Maurício, Roberto Brum, Rodolfo, Roger e Zé Carlos.