Nos 11 primeiros jogos do ano, setor de criação a pleno vapor e eficiência no ataque. O Fluminense marcou 28 gols, sofreu nove e conquistou um aproveitamento de 78,78%. Mas nas 11 últimas partidas, houve uma acentuada queda de produção e o rendimento caiu para 54,54%. O time tenta recuperar  o fôlego partir desta noite de quarta-feira, contra o Goiás, no Maracanã.

Entre os possíveis fatores do aproveitamento inferior, a quantidade de gols sofridos. A zaga tricolor não conseguiu manter a boa performance do início da temporada. A marca de nove gols tomados nos primeiros 11 jogos de 2017 quase dobrou: nas últimas 11 partidas, a meta tricolor foi atingida 16 vezes.

Nesta quarta, às 21h45, basta marcar um gol e não tomar para o Flu se garantir nas oitavas de final da Copa do Brasil. É bom o ataque e, principalmente, a defesa, estarem mais atentos.