Tricolores organizam protesto nesta quarta-feira, no Maracanã

Tricolores organizam protesto nesta quarta-feira, no Maracanã

(Foto: Bruno Haddad - FFC)
(Foto: Bruno Haddad – FFC)

Um movimento criado nas redes sociais chamado “Resgate Tricolor” planeja um protesto pacífico nesta quarta-feira, às 19h30, no Maracanã, no jogo entre Fluminense e Palmeiras. Os idealizadores da manifestação reclamam da apatia de alguns jogadores e da omissão da diretoria.

Eles pedem que quem for ao Maracanã utilize uma camisa preta, a ser utilizada antes de começar o embate. Querem também faixas, cartazes e cruzes, pois estão “de luto” pelo futebol apresentado pelo time.

Durante a partida, pedem que usem a camisa do Fluminense e incentivem o clube em busca da vitória. No intervalo, volta o protesto. Eles listaram os motivos da atitude:

 

“Transparência no Futebol – Exigimos saber o que está realmente acontecendo dentro do nosso futebol. Torcedor não é bobo! Não queremos a blindagem do elenco com treinos isolados, nossa intenção é ajudar e o sócio tem todo direito de acompanhar o que ocorre dentro do clube.

A demissão IMEDIATA do Treineiro Enderson Moreira – Queremos um técnico de NOME e RESPEITO, na atual situação analisamos que seria a única chance de nos salvarmos de um desastre vergonhoso. Tem muitos jogadores no elenco que não servem pra nada. Façam cortes necessário para bancar.

RAÇA – EXIGIMOS que os jogadores lutem, mostrem vontade, determinação nos jogos. Queremos voltar a vibrar com as atuações. Jogador nada mais é que funcionário do clube, não são pagos para falar, dirigir ou treinar, são pagos única e exclusivamente para JOGAR FUTEBOL. Honrem seus altíssimos salários e nós vamos apoiar.

Faça sua parte. Entendemos que o conceito de “Apoio Incondicional” não é aplicável. Trabalhamos com “Amor Incondicional” pelo clube!

Como um amor de mãe, sempre vamos acompanhar o Fluminense, mas da mesma forma que uma mãe educa seu filho, cobrando e chamando atenção diante de atitudes erradas, nós também o faremos com os jogadores e dirigentes do nosso amado Fluminense.

Não é hora de passar a mão na cabeça do elenco. O movimento não concorda com qualquer tipo de manifestação violenta, acreditamos que existem maneiras criativas e impactantes de mostrar nossa insatisfação e trabalharemos em cima delas.

Vamos juntos!

Resgate Tricolor”


Sem comentários