Tupi-MG busca parceria em que Flu pagaria parte dos salários de atletas emprestados

Tricolor pagaria parte dos salários dos atletas

Pensando na próxima temporada, o Tupi-MG trabalha nos bastidores para manter parcerias com grandes clubes. O diretor de futebol da equipe mineira, Nicanor Piresm confirmou que está em contato permanente com os clubes, com o objetivo de conseguir reforços a custo zero ou com pelo menos parte dos salários pagos por seus times de origem, barateando a folha salarial.

Segundo o portal Globoesporte.com, as tratativas estariam adiantadas com o Tricolor das Laranjeiras. No entanto, a renovação da parceria, que proporcionou as chegadas do volante Bonilha e dos atacantes Matheus Pato e Thiago André em 2017, deverá render outros atletas ao Tupi-MG, que perdeu Pato para o Samorín (projeto tricolor na Eslováquia) e que não tem interesse no retorno dos outros dois jogadores para o ano que vem.

– No Fluminense, as coisas estão um pouquinho mais adiantadas. O Marcelo Teixeira (gerente de futebol e da base do Fluminense) me mandou uma lista dos atletas que podem ser interessadas, já pegamos informações e estamos aguardando o “ok” do Fluminense – disse Nicanor.