Com o atual elenco, é difícil imaginar o Fluminense na briga pelo título brasileiro. A prioridade, assim como ocorreu em 2017, deverá ser a Copa Sul-Americana, que também paga premiações interessantes e notoriedade no continente. O Tricolor estreia no dia 11, às 21h45, contra o Nacional Potosí (BOL) no Maracanã.

O campeão do torneio internacional, se disputá-lo desde a primeira fase, receberá cerca de R$ 14,5 milhões. Apenas por participar da Sul-Americana, o Fluminense já terá direito a R$ 825 mil.


Caso repita a trajetória do ano passado, quando caiu para o Flamengo nas quartas de final, o Tricolor ganhará R$ 4,5 milhões. Mas se conquistar o título inédito, além de bufunfa, disputará ainda a Copa Suruga, diante do campeão japonês, a Recopa Sul-Americana, frente ao campeão da Libertadores, e a Supercopa Euroamericana, contra o campeão da Liga Europa. Prestígio internacional e dinheiro nos cofres.

Confira abaixo os valores que serão pagos na Copa Sul-Americana de 2018:

Primeira fase: R$ 825 mil

Segunda fase : R$ 990 mil

Oitavas de final: R$ 1,2 milhão

Quartas de final: R$ 1,5 milhão

Semifinais: R$ 1,8 milhão

Vice-campeão:  R$ 4 milhões

Campeão: R$ 8,2 milhões