Vice de marketing fala da importância de R10 nos Estados Unidos

Vice de marketing fala da importância de R10 nos Estados Unidos

Leonardo Lemos é o vice de marketing do Fluminense
Leonardo Lemos é o vice de marketing do Fluminense

Ronaldinho Gaúcho participará das duas partidas do Fluminense na Florida Cup, dia 17, contra o Shakhtar Donetsk (UCR), e dia 20, contra o Internacional. Muitos torcedores não aprovam a ideia,  defendida pelo departamento de futebol do Fluminense e, principalmente, pelo marketing, na figura do vice-presidente da pasta, Leonardo Lemos.

– É bem importante a gente fazer uma divisão das coisas. O Ronaldinho vai aos Estados Unidos integrar a delegação do Fluminense, especificamente, para os amistosos. Então, é uma associação da imagem do Ronaldinho, que é um ícone mundial do futebol, querido por todo mundo, admirado pelo mundo todo, com o Fluminense, que é uma marca também querida e respeitada no mundo todo, e cada vez a gente quer abrir mais isso. Mas é importante a gente ressaltar que o Ronaldinho não está fazendo pré-temporada com o clube. A delegação foi com 28 jogadores, se não me engano, e esses 28 estão treinando no regime de pré-temporada normal, como a maioria dos clubes têm treinado aqui no Brasil. E o Ronaldinho vai se juntar, apenas, para jogar os dois amistosos, e mesmo assim, a critério técnico da comissão. A comissão técnica tem liberdade para decidir o que irá fazer, se ele vai jogar 20 minutos, 45, os dois tempos, enfim, fica a critério do professor Eduardo Baptista, da comissão técnica e do departamento de futebol. Já que a gente teve uma boa relação com o Ronaldinho e mesmo tendo a rescisão de contrato para ele não jogar mais pelo Fluminense, ficou uma boa relação. Queremos aproveitar o nome e a visibilidade que ele tem e associar isso positivamente com a gente. Então, mais uma vez, o critério técnico e esportivo não vai ser menosprezado em função do marketing. A gente está aproveitando uma situação de marketing que existe dentro do contexto técnico. Contexto da preparação física, da preparação técnica dos jogadores, para temporada 2016 – defendeu o dirigente.


Sem comentários