(Foto: Maílson Santana/FFC)

Não é novidade para ninguém que o Fluminense busca reforços no mercado para qualificar sua equipe para a disputa da Libertadores de 2021. Segundo o site Uol Esportes, as demandas do técnico Roger Machado para posições específicas da equipe já são conhecidas. A primeira delas é a de mais um zagueiro “construtor”, como Nino, que se destacou na estreia na temporada contra o Boavista e foi muito elogiado pelo treinador.

O nome para a zaga que é o alvo do Fluminense é o de David Duarte, do Goiás. No entanto, a diretoria do clube Esmeraldino faz jogo duro para liberá-lo e só aceita “dinheiro na mão”. A cúpula de futebol tricolor chegou a enviar uma lista de atletas para uma possível troca, sem envolver pagamentos, somente empréstimos, mas o Goiás negou interesse em ter jogadores do Flu e quer receber uma quantia.

Já no ataque, outra demanda de Roger Machado, é a de um atleta que possa atuar com e sem Fred, ao lado do artilheiro ou na ausência dele. Nomes como Eduardo Sasha e Roger Guedes foram especulados, mas descartados. Willian Bigode, do Palmeiras, é o que aparece com mais força, mas o Fluminense aguarda o jogador definir seu futuro no clube paulista, com quem tem contrato até dezembro de 2021, para tentar fazer uma investida.

Ainda de acordo com o Uol Esportes, Roger pediu reforços, mas não vê grandes necessidades no elenco, que encerrou o Brasileirão de 2020 na quinta posição e classificou-se para a fase de grupos da Libertadores. Vale lembrar que o Flu praticamente não perdeu peças, com exceção de Felippe Cardoso, devolvido ao Santos, e Wellington Silva, negociado com o futebol japonês.