(Imagem: Reprodução/Instagram)

As gêmeas Natali e Nicoli Cruz, de 28 anos, atletas dos saltos ornamentais do Fluminense, relataram terem sido vítimas de racismo por parte de uma segurança do Shopping Tijuca, na Zona Norte do Rio de Janeiro. O caso aconteceu na última quarta-feira.

O clube saiu em defesa das atletas. No início da noite desta quinta-feira, o Fluminense emitiu em seu site oficial, uma nota de repúdio ao ocorrido.

Confira a nota completa publicada pelo clube:

“O Fluminense Football Club se solidariza às nossas atletas de saltos ornamentais Natali e Nicoli Cruz, que se sentiram discriminadas em um shopping da Zona Norte do Rio. Apoiamos a luta das saltadoras e esperamos que os fatos sejam esclarecidos.
Natali e Nicoli, sintam-se acolhidas pelo clube. Estamos com vocês.”