Fernando Diniz seguirá com trabalho no Fluminense e se apresentará nas Datas Fifa para comandar a seleção até a chegada de Ancelotti (Foto: Marcelo Gonçalves - FFC)

Fernando Diniz será o técnico da seleção brasileira. Mas ele não deixará o Fluminense. Informa o site ge que a CBF entrou em acordo com o Tricolor para tê-lo no comando interinamente do Brasil enquanto a entidade aguarda o italiano Carlo Ancelotti.

O contrato de Fernando Diniz com a CBF será de seis meses ou um ano, dependendo da data que Ancelotti poderá deixar o Real Madrid (ESP). A CBF procurou o clube para tratar da liberação, e a resposta foi que isso só ocorreria perante pagamento de multa, e as partes chegaram a um consenso.


Com o acordo, o Tricolor não será prejudicado em momentos-chave da temporada, como o mata-mata da Libertadores. Há o combinado entre as partes para que Fernando Diniz concilie o trabalho no Fluminense e se apresente nas Datas-Fifa para comandar a seleção brasileira.