(Foto: Mailson Santana - FFC)

A classificação do Fluminense para as quartas de final da Copa do Brasil veio dois dias após um protesto de torcedores contra Roger Machado e jogadores do elenco. Esse contexto, pelo menos de acordo com o comandante tricolor, não teve interferência no que ocorreu em campo.

Em entrevista coletiva depois da vitória por 3 a 0 sobre o Criciúma, o treinador ressaltou a importância de tentar blindar o ambiente internamente.

– Por maiores que sejam os problemas, nós buscamos sempre tentar manter a estabilidade que temos na parte interna. É buscar trabalhar diariamente para que as nossas emoções não estejam relacionadas ao que acontece no ambiente externo, tampouco as decisões que tomo em relação ao time, estratégia, escalação etc. – afirmou o treinador.