Após atrito com Fred, médico não deve mais continuar no Flu

Após atrito com Fred, médico não deve mais continuar no Flu

medicoHá três semanas, Victor Favilla pediu demissão ao vice-presidente médico do Fluminense, Sérgio Galvão. O coordenador médico negou, mas foi licenciado pelo clube e não deve mais voltar a trabalhar no Tricolor.

– Não pedi demissão, mas o clube me deu uma licença. Depois do Carnaval, eles devem decidir se eu volto ou não – afirmou o médico.

Favilla não quis entrar em detalhes do motivo que o fez se afastar das Laranjeiras, mas o médico ficou sem clima após o último problema com Fred. Foi ele quem vetou o atacante do clássico com o Flamengo, por causa de dores musculares, e viu seu trabalho perder o crédito depois que o jogador pediu para ser examinado pelo médico da seleção, José Luiz Runco.

Se confirmada a saída de Favilla, seria o segundo médico a deixar o Fluminense após conflito com Fred. Michael Simoni, chefe do DM do Fluminense em 2010, foi criticado pelo atacante. Simoni entendeu o gesto como traição e pediu demissão.


Sem comentários