Daniel Alves negociou, mas não fechou com o Fluminense (Foto: Lucas Figueiredo - CBF)

A diretoria do Fluminense estava otimista em fechar com Daniel Alves, mas se continuasse no Brasil, o lateral-direito teria escolhido outro clube. Em entrevista ao podcast Flow Sport Club, o experiente jogador de 38 anos contou que quase fechou com o Athletico-PR, outro interessado em seu futebol.

– Recebi bastante ofertas. Mas, sendo bem sincero, eu peco muitas vezes por isso, mas aqui no Brasil, se eu pudesse estar do lado, ia ser do Petraglia. Esse cara é uma águia gigante de conhecimento, de como fazer as coisas, de não participar de um sistema, de acreditar naquilo que faz. O cara te explica as coisas, e você se apaixona pelo cara. Eu balancei. Mas eu falei, calma, vamos dar um tempo para tudo isso, assimilar. Dar um tempo para eu colocar as ideias no lugar. Qual o preço (estou) disposto a pagar? Não estava, então acabou – disse Daniel Alves.

A opção do jogador foi ficar sem clube até o final do ano, com o desejo de voltar para o futebol europeu a partir de 2022. Segundo o estafe do atleta, quatro clubes do Brasil e do exterior o procuraram. Além de Flu e Athletico, o Flamengo era outro interessado.