Uma semana após ter se envolvido numa polêmica por, supostamente, ter se relacionado com um atleta da canoagem na Vila Olímpica, Ingrid Oliveira deu adeus aos Jogos do Rio. Com o apoio da torcida, que lotou o Parque Aquático Maria Lenk nesta quarta-feira, 17, Ingrid Oliveira se despediu dos Jogos Rio 2016 na 22º posição na prova de plataforma 10m individual. A exemplo do que aconteceu no Pan-Americano de Toronto 2015, a atleta errou o salto de costas,  atrapalhando suas chances de classificação para a semifinal, disputada entre as 18 melhores classificadas nesta primeira etapa.

Executando com perfeição os demais saltos, Ingrid conquistou ótimos resultados, chegando a ficar na 9ª posição. Na primeira rodada, os 67.20 pontos deixaram a atleta na 12ª posição. Em seguida, somou 59.20 e caiu para o 16º lugar. O terceiro salto levou a plateia ao delírio e a perfeição lhe rendeu 69.00 e o 9º lugar. A alta pontuação mostrou que a saltadora competia no mesmo nível das campeãs mundiais.

Na penúltima rodada, o mesmo erro do Pan-Americano: um duplo mortal e meio reverso e a queda. A falha deixou a saltadora com 14.50 e a 24ª posição. O quinto e último salto, mesmo bem executado, lhe garantiu apenas 72.00 pontos, dos 80.00 necessários para a classificação. Atletas da China, Estados Unidos, Austrália, Grã-Bretanha, Malásia, Canadá, Japão, Rússia, México, Ucrânia, Coreia do Norte e Alemanha estarão na semifinal, que acontece nesta quinta-feira, dia 18, pela manhã, com finais no mesmo dia.

– A prova foi boa. Houve o erro no quarto salto, mas no geral estou satisfeita com a minha participação. Precisava arriscar e acho que fiz a coisa certa. Agora é treinar e focar em Tóquio. Esta foi a minha primeira olimpíada, em casa e com o apoio da torcida. Saio fortalecida – disse Ingrid.

A equipe brasileira de saltos ornamentais contou com cinco atletas do Fluminense, além da técnica Andréia Boehme. Além de Ingrid Oliveira, que também disputou a prova de plataforma 10m sincronizado, a dupla Ian Matos e Luiz Outerelo esteve na prova de trampolim 3m, Juliana Veloso, em sua quinta olimpíada, participou  no trampolim 3m sincronizado com Tammy Takagi e na mesma prova, só que  individual.