Foto: Reprodução TV

Gilmar Fubá, quando tinha 41 anos, perdeu muitos quilos e ficou bem fraco. Chegou a superar o câncer e depois ele retornou.

O ex-jogador Gilmar Fubá, campeão mundial pelo Corinthians em 2000 e bastante identificado com o clube, morreu nesta segunda-feira, aos 45 anos.

Desde 2016, Gilmar Fubá fazia tratamento contra um mieloma múltiplo, um tipo de câncer de medula óssea.

O ex-volante defendeu o Fluminense em 2001, chegando por indicação do técnico Osvaldo de Oliveira, com quem foi campeão mundial de clubes no Corinthians, um ano antes. No time das Laranjeiras atuou em 13 partidas, sendo cinco como titular e oito como reserva. Naquela temporada, o Tricolor foi semifinalista do Campeonato Brasileiro, caindo diante do Atlético-PR, que seria campeão diante do São Caetano.