Foto: Bruno Haddad/FFC

Aposta da direção do Fluminense para suceder Cristóvão Borges no primeiro semestre do ano passado, Ricardo Drubscky não é mais treinador do Tupi. O clube de Juiz de Fora demitiu o treinador após a derrota para o Oeste por 1 a 0, no Estádio Mário Helênio, na cidade mineira, palco da final da Copa da Primeira Liga. O jogo foi válido pela sétima rodada da Série B do Campeonato Brasileiro.

O Tupi é o penúltimo colocado da Segundona, com apenas três pontos dos 21 disputados. A única vitória foi a goleada sobre o Paysandu pro 5 a 1 a na terceira rodada.

Drubscky estava no Tupi desde fevereiro. No Fluminense, ficou menos de dois meses. Com ele, o time carioca venceu cinco partidas e perdeu três.