(Foto: Ricardo Ayres - Photocamera)

Mais uma decisão na Justiça que envolve o Fluminense. A juíza Kiria Simões Garcia, da 71ª Vara do Trabalho do Rio de Janeiro do Tribunal Regional do Trabalho da Primeira Região (TRT-1), legitimou um novo acordo financeiro entre Flu e o ex-meia do clube, Wagner.

De acordo com o portal Esporte News Mundo, o novo acerto aconteceu após o Fluminense descumprir a primeira trativa com o atleta. Neste novo acordo, o Tricolor terá que pagar o valor exato de R$ 1.447.534,80 ao jogado, sendo R$ 200 mil em até dez dias e o restante parcelado em 36 vezes, com o primeiro pagamento em outubro de 2021.

Também ficou acordado que, em caso de atraso de 40 dias no pagamento, resultará no vencimento antecipado das parcelas vencidas e a soma terá um acréscimo de 15%, além de juros de 1% ao mês.

Pelo Fluminense, Wagner disputou 180 jogos e marcou 25 gols, entre os anos de 2012 e 2015 quando esteve no clube. O meia fez história ao fazer parte da campanha que deu ao Flu o tetracampeonato do Brasileirão.