(Foto: Diego Haliasz - Site oficial do River Plate)

Técnico do River Plate (ARG), Marcelo Gallardo analisou o empate de sua equipe diante do Fluminense, por 1 a 1, no Maracanã, pela estreia na fase de grupos da Taça Libertadores da América. O treinador destacou o respeito do Tricolor ao clube argentino e fez elogios ao Time de Guerreiros.

Segundo ele, o River encarou um rival importante e teve controle do jogo durante boa parte do tempo no Maracanã, mas pecou pelos espaços dados.

– Jogamos contra um rival importante, uma equipe grande do Brasil, em um estádio mítico como o Maracanã, que é imponente. (…) Começamos bem, ganhando. Depois, se não pudemos sustentar (o resultado), é porque tivemos essa ideia de ir em busca do segundo gol. Além do controle e de um rival que nos respeitou, nos faltou a “faísca” para concluir e gerar situações de gol – afirmou e completou:

– No nosso melhor momento, veio essa jogada (do gol) que deu um pouco de energia a eles, os colocou na partida. Sempre damos espaço, alguns aproveitam bem e outros não. É um risco que tomamos para jogar como fazemos sempre. Não é fácil vir ao Brasil e assumir o controle da partida. Entendo a frustração do empate para alguns, mas não me parece ruim – completou o técnico.