Gilberto foi recebido pela mãe no aeroporto (Foto: Lucas Merçon/FFC)

Recepcionado aos gritos de ‘Gilberto é Seleção’ na última sexta-feira, no aeroporto do Galeão, no Rio de Janeiro, o lateral-direito do Fluminense afirmou em entrevista no desembarque que acredita que pode ter chance no futuro.

– O Daniel Alves é uma referência, conquistou títulos importantes. Fico triste por ele, pois é um título que faltou na carreira. Vai ser difícil jogar outra Copa. Agora abriu outra vaga, mas sei que Seleção é difícil, mas vou continuar trabalhando. Sei que um dia posso chegar lá – afirmou.

Gilberto vive fase de ‘artilheiro’ na carreira. No ano, já marcou 4 gols pelo Fluminense, sendo a melhor temporada da carreira em quantidade de vezes que balançou as redes. O lateral-direito é um dos destaques do Tricolor na temporada e peça importante no setor ofensivo.