(Foto: Divulgação/FFC)

Maior artilheiro da história do Fluminense, com 319 gols marcados (e nenhum de pênalti), Waldo fazia seu último jogo com a camisa tricolor há exatos 60 anos. Em 1º de julho de 1961, em amistoso contra o Valencia, no estádio Mestalla, na Espanha, o atacante se despedia do clube.

O clube verde, branco e grená venceu a partida por 3 a 2 e Waldo marcou duas vezes. A grande exibição do goleador impressionou o presidente Julio de Miguel, do Valencia, e o motivou a tirá-lo de Laranjeiras. Waldo defendeu as cores do Fluminense entre 1954 e 1961.

Falecido em fevereiro de 2019, aos 84 anos, Waldo voltou à sede do Fluminense em 2012, para o lançamento da biografia em sua homenagem, “Waldo, o artilheiro”. Nessa ocasião, conheceu Fred, hoje segundo maior artilheiro da história do Tricolor.