(Foto: Lucas Merçon/FFC)

Se do lado do Fluminense, o empate foi considerado um péssimo resultado, no Uruguai foi bastante comemorado pela imprensa local. O 1 a 1 dá o Nacional (URU) a possibilidade de jogar por um 0 a 0 em casa para avançar de fase e, segundo Alexander Medina, técnico da equipe, o time fez valer a vantagem.

– A equipe foi intensa, ordenada, compacta e não se desesperou ao tomar o gol. Em Buenos Aires (contra o San Lorenzo), estivemos nervosos e acabamos tomando o segundo. Agora, tivemos equilíbrio emocional. Estamos satisfeitos – destacou o treinador á rádio Tirando Paredes, que corrobora com a visão do comandante.

Autor do gol de empate aos 42 minutos, Matías Zunino afirmou, em entrevista ao jornal Ovación, que a equipe uruguaia precisa fazer valer o gol fora de casa jogando no Parque Central. Segundo o veículo, o Nacional fez uma grande partida, mas não há nada ganho e ainda é preciso confirmar a vantagem na partida de volta.