Foto: Divulgação

Mais polêmicas no radar. De acordo com o portal Uol Esportes, o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), não tem intenção de colocar a Medida Provisória 984/20 – MP que dá direito aos mandantes de negociarem e decidirem sobre transmissões de futebol sem anuência do time visitante. Evitando se envolver no conflito entre o presidente Jair Bolsonaro e o Grupo Globo por conta da pauta, Maia sinalizou a interlocutores que deixaria o mesmo caducar – perder a validade após 120 dias da publicação.

É importante destacar que o Fluminense é um dos quatro clubes da Série A contrários à MP 984, assinada no mês passado pelo presidente Jair Bolsonaro.

O martelo só não está batido por conta do apoio de 16 clubes dos 20 da série A do Campeonato Brasileiro à MP. Desde o início, Rodrigo Maia e líderes do Congresso envolvidos diretamente com o tema, como Marcelo Aro (PP-MG), disseram que escutariam a vontade dos times. Mesmo sem qualquer previsão para colocar o texto na pauta da Câmara nas próximas semanas, Maia ainda avaliará o caso. As lideranças agora também querem ouvir os 20 times da série B, buscando ampliar o leque de opiniões e evitar uma decisão tomada apenas pela maioria da elite.