Mário conta como foi conversa para saída de Ronaldinho

Mário conta como foi conversa para saída de Ronaldinho

Ronaldinho afirmou ter se sentido muito bem em relação ao ambiente no Fluminense (Foto: Fluminense FC)
Ronaldinho afirmou ter se sentido muito bem em relação ao ambiente no Fluminense (Foto: Fluminense FC)

Sem conseguir render o esperado, Ronaldinho deixou o Fluminense de maneira melancólica após jogar apenas nove vezes com a camisa do clube. Vice de futebol, Mário Bittencourt foi quem ouviu do jogador o pedido da rescisão de contrato. De acordo com o dirigente, foi uma conversa franca e o apoiador teve uma atitude digna ao admitir que não estava rendendo.

– O Ronaldo é um ser humano, antes de qualquer coisa. No momento que você vê um atleta abrir o coração para você e admitir que não consegue dar aquilo que o clube merece… Ele me disse que o ambiente onde se sentiu melhor foi o Fluminense e não estava conseguindo retribuir o carinho que o clube deu a ele. Ele foi espetacular, tanto na chegada, com a emoção de ver o Maracanã cheio gritar o nome dele, quanto na saída. Queremos manter uma relação com ele. Não podemos abrir mão desta relação, seja ela qual for, mesmo que seja apenas de afeto. Terminamos de uma maneira muito legal – afirmou.


Sem comentários