(Foto: Marcelo Gonçalves/FFC)

Se Martinelli passou por momento complicado no Fluminense sendo, inclusive, perseguido pela torcida, esse tempo ficou para trás. Assumiu a condição de titular do time e vem arrancando elogios de todos. Inclusive de um dos astros da companhia. Trata-se de Marcelo.

Em entrevista ao “Papo de Guerreiro”, da FluTV, o lateral-esquerdo afirmou que, quando estava para acertar o retorno ao clube, passou a acompanhar com maior frquência os jogos do Tricolor e o volante, assim como John Kennedy, foi um dos que mais lhe chamaram atenção. E repetiu o que havia falado em outras entrevistas: vê Martinelli como um jogador completo para atuar na Europa.


– Pra mim ele não tá jogando muita bola, sempre jogou. Quando eu comecei a ver os jogos do Fluminense antes de vir para cá, o Martinelli e o John Kennedy eu pensei: “Esses moleques são diferentes”. Eu falei outro dia. O Martinelli tem todo o perfil de Europa. Eu joguei muito tempo lá, conheço os jogadores. Peguei Tony Kross, Luca Modric, Busquets, Xavi… Vejo o Martinelli muito parecido a esses caras. Achava estranho vaiarem o Martinelli ou comentarem coisas. Eu vejo ele treinando. Ele tem uma facilidade para bater com as duas pernas, rouba bola fácil, pra passar dele é difícil. Sai jogando, é completo. Eu adoro quando ele joga comigo – opinou.