(Foto: Marcelo Gonçalves/FFC)

Na última quinta (24), o Fluminense derrotou o Olimpia (PAR), pelo placar de 2 a 0, no Maracanã. Diante de tal resultado, o time das Laranjeiras alcançou um feito inédito em todas as outras quatro oportunidades em que atuou nas quartas de final da Conmebol Libertadores.

Na primeira vez que passou por uma semifinal, em 2008, o Time de Guerreiros foi derrotado no jogo de ida para o São Paulo por 1 a 0. Na volta, o Flu fez 3 a 1 nos acréscimos e saiu classificado para a semifinal da competição.


Em 2012, contra o Boca Juniors (ARG), o Tricolor foi novamente derrotado fora de casa pelo placar de 1 a 0, diante de uma arbitragem bastante questionável. E, na volta, conquistou apenas o resultado por 1 a 1, resultando na eliminação do clube das três cores. 

No ano seguinte, em 2013, o rival foi o mesmo desde ano: o Olimpia. No entanto, atuando em São Januário, o time ficou apenas no empate de 0 a 0. No segundo jogo, o elenco campeão brasileiro foi derrotado, por 2 a 1, pelo “Decano”.

Todavia, com o apoio de mais de 64 mil tricolores, o clube tantas vezes campeão venceu os paraguaios por 2 a 0 e segue em busca de levantar a taça da Libertadores pela primeira vez em sua vasta história. Qualquer derrota por um gol de diferença garante a classificação ao Fluzão, mostrando a importância de faz salto no jogo de ida.