Prejuízo pode fazer Consórcio devolver Maracanã ao Estado

Prejuízo pode fazer Consórcio devolver Maracanã ao Estado

maracanaA Concessionária que administra o Maracanã alega prejuízo com o estádio. Por este motivo, a possibilidade de devolução ao Governo do Rio de Janeiro no fim do ano circula em conversas nos bastidores e é cada vez mais real, na medida em que a empresa continue a acumular déficits. Informa o jornal Extra que o mês de dezembro é o prazo estipulado para que o contrato de concessão seja revisto pelo Estado. Caso contrário, as chaves do “Maior do Mundo” serão entregues ao poder público.

Há cerca de dois meses, a cúpula da Consórcio dava como certa a assinatura de um contrato de readequação da concessão. Mas a negociação para reequilibrar o acordo segue sem desfecho. Fontes no governo já ouviram de gente da Odebrecht que a devolução é iminente. O jornal “O Globo” noticiou que 32 dos 80 funcionários foram demitidos na última semana. A informação foi confirmada pelos executivos do Maracanã.

A concessionária estaria calculando um prejuízo neste ano de cerca de R$ 57 milhões. No total, o déficit é de R$125,6 milhões, mas não há confirmação oficial do número. A liberação da venda de cerveja é vista como uma forma de aumento de receita. O projeto de lei foi aprovado na Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj) e aguarda sanção, ou veto, do governador Luiz Fernando Pezão.


Sem comentários