Nelson Mufarrej diz que voltar o Carioca agora é uma total desconexão com a realidade (Foto: Divulgação)

Assim como o Fluminense, o Botafogo também pode ir aos tribunais desportivos no caso da Ferj confirmar a indicação do arbitral de marcar seu retorno ao Campeonato Carioca para o dia 22 de junho. O presidente alvinegro, Nelson Mufarrej, já acionou o departamento jurídico do clube tão logo se encerrou o arbitral de segunda-feira, que invadiu a madrugada de terça.

– É uma decisão de profunda desconexão com a realidade. Infelizmente, a maioria dos clubes no arbitral entendeu ser o momento de voltar a disputar jogos, a despeito do cenário caótico vivenciado. Fomos contrários. Além disso, a preparação física, após longo período sem contato com bola, precisa de um trabalho adequado. Acionei o Departamento Jurídico assim que acabou o arbitral. O Botafogo vai buscar defender os seus interesses caso as datas apresentadas sejam confirmadas. O futebol impacta sobremaneira a vida das pessoas e a mensagem para a sociedade que se deveria passar, nesse momento, não é de competição ou disputas – afirmou Mufarrej.

O conselho arbitral da Ferj recomeçará nesta terça-feira às 20h. Fluminense e Botafogo têm sido os únicos a serem contrários ao reinício do Estadual em meio à pandemia do novo coronavírus.