Depois de uma boa sequência de jogos, o Fluminense viajou a Belo Horizonte para encarar o líder do campeonato sob desconfianças da torcida. Mesmo com os bons resultados contra Goiás e Bahia e com a decisão de poupar Fred e Nenê (acertada na minha visão), a escalação inicial do tricolor trouxe pessimismo até mesmo aos entusiastas do trabalho de Odair.

No entanto, dentro de campos vimos um Fluminense forte, principalmente na primeira e etapa, que conseguiu surpreender o Galo de Sampaolli e voltar com um pontinho para o Rio de Janeiro. Mesmo assim, boa parte da torcida ficou com aquela sensação de que a vitória era mais possível do que se pensava antes.

Afinal de contas, o Fluminense conquistou 1 ponto ou deixou de ganhar 2? Para entender todos os detalhes da partida de ontem, trouxe o Raio-X tricolor em um formato diferente hoje: analisei em vídeo toda a partida contra o Atlético-MG, destacando todas as fases da partida e explicando onde o tricolor deixou de comandar a partida para passar a ser dominado.

Como falei no vídeo acima, o Fluminense, apesar de todo o sufoco do segundo tempo, viu que os 3 pontos eram sim acessíveis. Se o resultado mais justo era o empate, a vitória ou a derrota é difícil mensurar. Mas uma é coisa é certa: esse elenco atual do tricolor passa longe de ser um dos piores da competição!

Um abraço e até semana que vem!