(Foto: Mailson Santana - FFC)

O Fluminense perdeu seus três últimos jogos. Na noite de terça, foi derrotado por 2 a 1 para o Criciúma, no Heriberto Hulse, pela ida das oitavas de final da Copa do Brasil. Mas Roger Machado não vê o time tricolor sem intensidade.

Entende o treinador que a questão seja mais conceitual. O técnico, claro, também reconhece a preocupação com a série de tropeços do Flu.

— Não atribuo à falta de intensidade. Atribuo à lucidez de entender o jogo, de buscar soluções para um time que organizadamente nos marcava bem, e tecnicamente termos feito uma primeira etapa muito abaixo do que estamos acostumados a fazer. As derrotas preocupam, evidentemente. Mas não me preocupo a ponto de perder a lucidez nesses momentos importantes que temos pela frente. A disputa está aberta na Copa do Brasil. O Brasileiro nós esquecemos por esses dias porque temos duas competições importantes. Vamos buscar recuperar depois. Nesse momento, não posso levar a campo a instabilidade de jogos de outra competição, mas cobrar dos atletas uma melhora para o jogo de sábado. O gol no segundo tempo nos colocou na disputa e vamos jogar dentro de casa. Isso é importante. Preocupação fica para depois, fora do vestiário. Para que consigamos, aqui dentro, ter a tranquilidade de achar as soluções que precisamos – disse.