Saiba as razões que minaram Renato Gaúcho no Fluminense

Saiba as razões que minaram Renato Gaúcho no Fluminense

renato2Peter Siemsen já decidiu que Renato Gaúcho não será mais treinador do Fluminense. A comunicação da dispensa deverá ser feita antes do treino desta manhã de terça-feira. O presidente agendou uma entrevista coletiva para as 11h, onde nela, tende a informar que Renato não dirige mais a equipe. Alguns fatores pesaram para a escolha do mandatário.

Uma delas é a influência exercida sobre o treinador pelo auxiliar Alexandre Mendes, considerado quem de fato escala o time.O fato de Renato não comandar coletivos desagrada, e muito, o presidente tricolor. Nos bastidores, explica-se o Fluminense ainda não ter um padrão tático na temporada.

Renato tem o apoio de Fred e Walter, mas não esconde de ninguém que quer a dispensa de Leandro Euzébio, um dos líderes do grupo, fato que gerou insatisfação. Assim como a barração de Rafael Sobis, o melhor jogador do ano passado.

O técnico, assim que chegou, pediu a reformulação no elenco. Ele via um grupo acomodado e a necessidade de dispensar quem está há muito tempo no clube, casos principalmente do zagueiro Gum e do volante Diguinho. Sem opções, além de ficar com eles, ainda é obrigado a escalá-los.

A situação de Renato começou a ficar insustentável após a derrota para o Horizonte, pela Copa do Brasil. Novamente veio à tona o discurso de que o time perde quando não faz o que o treinador manda.


Sem comentários