Foto: Divulgação/FFC

Depois de vencer o São José dos Pinhais de virada nessa última sexta-feira, por 3 sets a 1, com parciais de 18/25, 25/23, 27/25 e 25/20, o Fluminense evitou o rebaixamento na Superliga feminina de vôlei.

Com uma grande atuação da equipe, o técnico Guilherme Schmitz comemorou muito a vitória de virada e desabafou após a conquista do objetivo, que era manter o Flu na elite.


– Foi um jogo emocionante. Foram três semanas muito intensas de trabalho. Três semanas que valeram uma Superliga inteira. As meninas compraram o barulho e eu fiquei três semanas sem dormir direito, estudando muito. Graças a Deus deu tudo certo. A permanência é um marco histórico para o vôlei do Fluminense e, principalmente, do esporte olímpico do clube. Mostra o valor do esporte olímpico e mostra como nosso vôlei tem brio. Estou muito satisfeito pela entrega das meninas. Elas foram leoas, muito guerreiras, superaram as lesões e demos a volta por cima. Agora é hora de comemorar e, na semana que vem, temos que começar a planejar a próxima temporada, que vai ser tão desafiadora como essa – disse Guilherme Schmitz.