(Foto: Marcelo Gonçalves/FFC)

Além da derrota por 2 a 0 do Fluminense para o Coritiba, segunda, no Couto Pereira, pela 16ª rodada do Campeonato Brasileiro, um torcedor tricolor ganhou mais motivos para se preocupar. Informa a Rádio Banda B de Curitiba que o rapaz foi preso por arrumar confusões.

De acordo com o veículo, o torcedor (não identificado nominalmente pela reportagem) chegou e foi à sede da torcida organizada Fúria Independente do Paraná Clube, coirmã da Young Flu. Por lá, protagonizou a primeira briga. Depois, foi para o estádio acompanhar a partida e se envolveu em nova confusão no setor destinado aos tricolores. Ao ser retirado pela Polícia Militar, deu um soco no rosto de um policial.


— Em determinado momento, na torcida do Fluminense, um torcedor foi agredido e também agrediu algumas pessoas lá na torcida. Foi colocado para fora do estádio e na saída deu um soco em um policial, onde veio ser levado a DEMAFE para termo circunstanciado – disse o delegado Luiz Carlos de Oliveira, da Delegacia Móvel de Atendimento a Futebol e Eventos (DEMAFE).

Ainda de acordo à polícia, o torcedor estava visivelmente alterado e se recusou a assinar o termo circunstanciado. Por isso foi preso.