Gustavo Apis sempre frequentou os jogos do Fluminense (Foto: Arquivo pessoal)

Carioca de Mesquita, na Região Metropolitana do Rio de Janeiro, Gustavo Apis hoje realiza um sonho e a profecia de seu falecido avô Augusto. Adquirido em definitivo pelo Fluminense junto ao Nova Iguaçu, o meia é tricolor de arquibancada e sempre ia aos jogos com a família.

– Sempre fui tricolor. Esse amor pelo clube vem da minha família, meu tio, meu avô e meus primos. Sempre ia no Maracanã ver os jogos. Eu lembro que uma vez meu avô me falou que ele iria me ver jogar com a camisa do Fluminense, e eu consegui realizar o sonho dele e o meu também. Era o meu sonho jogar no clube pelo qual eu torço e que eu amo – disse.

O seu Augusto foi um dos grandes incentivadores da paixão de Gustavo Apis pelo Fluminense. Infelizmente, faleceu aos 65 anos, nas vésperas de jogo contra o Corinthians, treze dias antes de poder ver o neto fazer sua estreia pelos profissionais diante do Sport. Ele foi vítima de um infarto. Porém, teve tempo de ver o meia em ação pela equipe sub-23 do clube de coração.

Gustavo Apis assinou contrato com o Fluminense até 2025. O clube pagará ao Nova Iguaçu cerca de R$ 500 mil por 50% dos direitos.